terça-feira, janeiro 10, 2006

fim de dia...


"E desde então,
sou porque tu és.
E desde então és
sou e somos...
E por amor serei ...
serás ...
seremos. "

pablo neruda, poema Talvez

Não há nada como acabar um dia assim a ler poesia e a pensar no que nós seremos um dia por amor.

1 comentário:

Pablo Olivieri disse...

Já postei este poema uma vez! Para "ela"!

Esse poema é todo lindo!

Abraço.